Histórico

Em 2000, após a realização da Semana Acadêmica do curso de Pedagogia na PUCPR em Curitiba/Brasil, constatou-se que a formação de professores e o trabalho docente em perspectivas políticas, históricas, teóricas e metodológicas, vinham se constituindo no eixo temático dessas semanas e despertando o interesse dos estudantes da instituição. Em 2001, um grupo de professores da pós-graduação e da graduação em Educação da PUCPR tomou a iniciativa de criar o CONGRESSO NACIONAL DE EDUCAÇÃO (EDUCERE), hoje em sua décima terceira edição, com o objetivo de socializar os resultados das pesquisas realizadas por acadêmicos da graduação, da pós-graduação e de diferentes profissionais da área da Educação.

Historicamente, o evento tem promovido também a aproximação entre docentes e estudantes da educação superior (graduação e pós-graduação) e professores da educação básica possibilitando um fórum permanente de discussões de modo a aprimorar a formação inicial e continuada dos profissionais da Educação.

Foi com essa preocupação que o Centro Internacional de Estudos em Representações Sociais e Subjetividade – Educação (CIERS-ed) da Fundação Carlos Chagas (São Paulo, Brasil) e a PUCPR somaram esforços para realizar, em 2011, o Seminário Internacional de Representações Sociais, Subjetividade e Educação (SIRSSE) no âmbito do EDUCERE.

Reforçando essa parceria, em 2013, o XI EDUCERE recebeu também o IV Seminário Internacional sobre Profissionalização Docente (SIPD/CÁTEDRA UNESCO) que buscou aprofundar questões relacionadas ao trabalho docente, objeto de estudo da Cátedra UNESCO sediada no CIERS-ed.

Em 2017, o evento, cuja origem se deu no curso de Pedagogia, congrega as diferentes licenciaturas da Escola de Educação e Humanidades da PUCPR.